Mudança de endereço

10/05/2010

Olá.

Este post é para informar que o REAÇÃO EM CADEIA está de endereço novo:

www.gestaoorigami.com.br/aertonpaiva

A razão da mudança é que inauguramos nosso novo ambiente de colaboração com a comunidade de clientes, parceiros e simpatizantes.

No site da Origami, você terá acesso a mais blogs de nossos sócios, portanto ainda mais conteúdo de sustentabilidade.

A partir de hoje este blog da wordpress será descontinuado. Caso queira continuar recebendo avisos sobre novos posts, por favor inscreva-se no novo endereço.

Abraços

Aerton Paiva


Relatórios de Sustentabilidade: efeito manada ?

27/04/2010

De 26 a 28 de maio próximo, deverá ocorrer em Amsterdam a Conferência Global de Sustentabilidade e Transparência promovida pelo GRI. Como estarei lá para conferir os resultados, resgatei dados de pesquisas recentes sobre os efeitos dos relatórios de sustentabilidade, até para poder nortear meu olhar no encontro. O post de hoje traz algumas das principais informações e reflexões a respeito. Leia o resto deste post »


Partes ? Interessadas ?

26/04/2010

Quantas vezes já lhe perguntaram, ou até mesmo você tenha se perguntado, o quanto a sustentabilidade pode ser boa para o negócio ? Quantas vezes você apresentou casos de empresas que foram bem sucedidas com suas estratégias de sustentabilidade, mas alguém de sua empresa comentou: “aqui é diferente” ? A sustentabilidade é, por essência, a arte de entender e considerar o “outro”. Mas o outro, é outra história ! Leia o resto deste post »


Afinal, do que estávamos falando ?

21/04/2010

Fundação Dom Cabral libera nova versão da pesquisa Desafios para a Sustentabilidade e o Planejamento Estratégico das Empresas. Neste post estamos contextualizando sua aplicação e analisando de forma ampla os principais resultados. Confira.

Leia o resto deste post »


Consumo consciente: o caso Unilever

19/04/2010

O artigo da Revista Época, de 11/04/2010  Falta combinar com o consumidor, traz uma constatação intrigante relativa às empresas que investiram no desenvolvimento de produtos mais eficientes do ponto de vista ambiental, social e econômico mas que não estão obtendo o sucesso esperado junto aos consumidores. Alguns entrevistados alegam que os consumidores não estão preparados, que as empregadas domésticas não lêem rótulos, leitores comentam sobre a falta de educação específica ao tema, sobre o despreparo do consumidor, etc. Pois bem: e aí ?

Alguma novidade nisso tudo? Desde quando este tema já vem sendo retratado pelas pesquisas do Instituto Akatu? No que, de fato, estes e outros atores da sociedade estão empenhados para criar uma nova realidade, partindo-se do consumidor tal e qual ele é, sem esperar dele grandes saltos de consciência, sem esperar que o Estado se empenhe em alocar os vultosos recursos em educação que há tempos esperamos? Leia o resto deste post »


Cadê o foco ?

15/04/2010

A agenda da sustentabilidade é extensa, tematicamente diversa demais. As empresas, quando resolvem entendê-la com um pouco mais de profundidade para decidir qual será seu posicionamento, se assustam com tamanha abrangência. O importante é definir o que é importante. Neste post, vamos discutir um pouco mais sobre algumas formas viáveis de se definir uma agenda estratégica de sustentabilidade, seu foco. Ele é extenso por tratar de metodologias e técnicas aplicáveis, não sendo portanto possível dividi-lo em posts menores.

Leia o resto deste post »


E quando o termo atrapalha ?

14/04/2010

Parece coisa pequena o que vou comentar hoje, mas refere-se às conseqüências do uso do termo “sustentabilidade” com pessoas de empresas que ainda não navegaram por esses mares. O que no passado recente soava à contemporaneidade em alguma medida, cada vez mais assume diversas e controversas interpretações e com freqüência atrapalham o andamento da inserção da mesma na estratégia da empresa.

Leia o resto deste post »